Páginas

OBESIDADE GRAVE

O lance é não deixar a obesidade grave chegar. Bora lutar !
“Obesidade grave é uma denominação que substitui o termo “obesidade mórbida”. Os obesos graves estão mais propensos a desenvolver:
- Câncer de intestino, próstata, mama e ovários, entre outros;
- Impotência;
Depressão;
- Discriminação Social;
- Dificuldade para executar tarefas cotidianas, como amarrar os sapatos, comprar roupas, utilizar transporte coletivo.

Na faixa dos 25 a 35 anos, a taxa de mortalidade de obesos com o dobro ou até mais do peso ideal é 12 vezes maior do que a da população em geral.

Quem chega a esse estágio tem dificuldade para perder peso, mesmo munido de uma grande dose de boa vontade e auxiliado por dietas, medicamentos, terapias e exercícios.

Apenas quando esses métodos não funcionam e a obesidade representa danos irreversíveis à saúde e risco de morte precoce é que se justifica a cirurgia para redução de estômago.”
Dr Drauzio Varella

2 comentários:

Beth disse...

Eu estive neste patamar, fui obesa mórbida ou grave, com IMC = 49,66%. Hoje, não sou magra, mas estou fora daquele estado, e batalho para jamais retornar àquilo.
E estou sempre presente na blogosfera para estimular quem está na estrada, para dar força, porque sei a importância desta ajuda, deste incentivo, seja qual for a etapa do processo que cada um esteja.
Eu fui muito beneficiada por esta força carinhosa que me cercou no meu processo e que até hoje me cerca.
Acho bacana você trazer este artigo, mais um alerta para o povo, e até mesmo para mim, claro.
Beijo grande
Beth
http://aconquista.zip.net

Confeiteira Sonhadora disse...

deus nos livre dela!!!

Bora faze exercicio e R.A



Devagar eu Chego Lá