Páginas

CONFORMISMO COMIGO NÃO !


A Julie (do Blog Cozinha da Julie) em seu ultimo comentário me fez refletir profundamente sobre a minha atitude diante dos problemas (e como a vida é cheia deles , parece que não acabam nunca). aqui pensando com meus botões até agora.
Eu engordei mais de 40 Kg em menos de 03 anos. Tem algo muito errado aí . Como ela colocou é óbvio que comer demais nos engorda, mas eu achava mais cômodo comer uma coxinha ou um chocolate do que enfrentar os problemas. E a cada vez que sentia uma insegurança, raiva ou tristeza eu buscava satisfação na comida.
Fui fazendo isso sem perceber e quando vi estava vestida de gorda . Olhava no espelho e não me reconhecia e odiava aquela imagem que eu via refletida ali. Ficava triste com tudo isso e não sabia como resolver e então comia mais e engordava mais...
Como é difícil começar. Como é difícil dar o primeiro passo. Como é difícil remar contra a corrente...
Eu quero dar os parabéns para todas as meninas que estão praticando a R.A e que tiveram força para quebrar a inércia e o círculo vicioso. Seguramente já alcançaram , com essa atitude, metade do seu objetivo.
Desejo um fim de semana bem light pra todas!

7 comentários:

Penélope disse...

Oi Cris, eu engordei tbm 40kg em 2 anos :/ Super Trash, mas agora é dar a volta por cima.

Com relação ao creme branco, não sei se pode congelar :(

Um beijão

Julie disse...

Cris querida...adorei o seu comentário...Nunca acho que as pessoas se alongam, ou eu acho que ando falando de mais mesmo...Fico feliz que tenha te feito pensar e refletir, para isso que serevem os amigos...e pensando e refletindo é que conseguimos mudar de vida amiga... Só passei para frente uma coisa que aprendi um tempo atrás e que me fez pensar muito... Depois da minha separação achei que ia engordar para caramba, mas não conseguia comer... me dava um no na gargante e com isso nao conseguia comer nada por dias a fio...acabei perdendo 13 kg...Acho que eu to bem, mas ainda quero perder um pouco mais de peso. Sabe quando eu estava no colégio há 10 anos atras eu pesava 50 kg. eu me sentia muito bem, mas para pesar isso fiquei muito mal. Não comia nada. Tive principio de anorexia. Ai tive vários problemas de saude. Inclusive problemas nos ovarios e precisei começar tomar hormonio e isso me ajudou engordar um pouco alem do que eu queria.Com o passar dos anos eu tb engordei pq tive problemas no joelho e tive que parar de malhar. ai eu que ja nao gostava muito desanimei de malhar. Comecei a trabalhar e nao sobrou tempo para nada mesmo.Mas precisamos ter frça de vontade e seguir em frente. Mas eu chego lá... Não estou muito acima do meu peso, mas queria estar uns 8 kgs mais magrinha amiga. Bom final de semana para você tb... Mil beijos....

Camila disse...

Oi Cris,
Obrigado pelo recado, amei!!!
E adorei o seu comentário, e realmente é muito difícil lutar contra a maré, pois é mais "fácil", sentar no sofá e comer, comer, comer... Estamos na luta... E juntas iremos vencer o comodismo!!!
Bjos

Vania disse...

Certíssima moça! E "descobriu" o problema! Também fui engordando e engordava mais quando percebia que tinha engordado... e engordava mais pela tristeza de ter engordado... e engordava mais pelas coisas que deixava de fazer por estar já gorda... e engordava mais porque não fazia as coisas que gostava... e fui deixando de gostar daquelas coisas e de mim...

Mas existe um círculo "virtuoso" também: você toma a decisão, começa a fazer as coisas do modo certo, emagrece, fica feliz porque emagreceu e mais forte para fazer as coisas certas e emagrece porque acertou e acerta mais porque está emagrecendo e....... bem, de der algo errado, lembra que está numa "maré boa" e rotoma rapidamente o leme da sua vida, e assim vai....

Então vamos, né... cada dia mais fortes, nos apoiando e tentando ser o mais feliz possível!!!!!!

Beijo e conta comigo!

Nuno disse...

Olá! O meu Avõ faleceu em 2002 e eu encontrei isto em 2005 ou 2006...fiquei super-contente, pois senti-me muito Amado! beijos grandes e um bom fim de semana! força!

Louise disse...

cris querida~! gostei mto do seu post de hj, tem a ver com o momento q estou passando ...e tds as vezes q derrapo na caminhada! parabens... força sempre, beijos, louise

Julie disse...

ejvtdOi Amiga Cris... Adorei seu recadinho... tb gostaríamos que fossemos amigas, mas mesmo distante isso não nos impede. Sobre meu relacionamento, é amiga....foram 5 anos.Vivemos tanta coisa, tanta coisa, tantos momentos... por isso doeu tanto quando nos separamos. Acho que quando você começou a ir no meu blog, eu tinha acabado de me separar.... nos separamos em novembro. Ele agora está com outra pessoa e eles decidiram se casar. Passado somente 6 meses. Uma loucura amiga...sofri demais nesses meses por conta disso tudo. Muito tempo, muitas fotos, muitos momentos juntos. Morei 1 ano na casa dele quando a empresa do meu pai faliu. Estavamos juntos todas as semanas de Quinta a Domingo.Foi um amor tão lindo. Era tão espontaneo. Tantos presentes trocados. Planos feitos. Esse ano ele ia acabar a residência(ele é médico) e pensavamos em fazer uma viagem internacional. Tantas comemorações. Natais, anos novos, aniversários. Ontem foi aniversário dele e não estavamos juntos pela primeira vez em 6 anos.Não nos falamos. Não trocamos uma palavra sequer.Éramos tão parecidos. Há quem diga que até fisicamente eramos parecidos. Nos divertíamos tantos. Até nos dias em que não fazíamos nada, ficavamos em casa ríamso muito, conversavamos sem parar... até de madrugada... Tinha certeza mais que absoluta que íamos nos casar e ficar junto para sempre. Ele pensava no nome dos nossos filhos e em como ele ia pintar os quartos da nossa casa. E quando íamos fazer compras para abastecer a nossas despensa. ELE pensava essas coisas e eu pensava várias outras coisas. Gostavamos das mesmas coisas, mesmas músicas. Não discutiamos. Eu tinha certeza que ele era a minha "alma gêmea" sabe. Ainda acho isso. Vou aprender viver sem ele, mas sabe quando você tem alguma coisa dentro de você que diz que ele era a pessoa que Deus mandou para mim. Não sei sobre o futuro e o que vai acontecer. Mas estou aprendendo a viver sem ele. Dói muito todos os dias pq sempre vejo algo, ouço uma música que me lembra ele. Foi um universo de coisas que ruiu. Tinhamos um universo de coisas tão próprias. Coisas que nós criamos com base em nossas convicções....era um universo muito louco. Muito louco ver tudo isso se acabando.Ele se casando com outra pessoa. Alguem que ele nem conhece.... Estou me sentindo como naquela música do Capital Inicial " Tudo que vai" sabe qual é:
"Hoje é o dia
E eu quase posso tocar o silêncio
A casa vazia.
Só as coisas que você não quis
Me fazem companhia
Eu fico à vontade com a sua ausência
Eu já me acostumei a esquecer
Tudo que vai
Deixa o gosto, deixa as fotos
Quanto tempo faz
Deixa os dedos, deixa a memória
Eu nem me lembro
Salas e quartos
Somem sem deixar vestígio
Seu rosto em pedaços
Misturado com o que não sobrou
Do que eu sentia
Eu lembro dos filmes que eu nunca vi
Passando sem parar em algum lugar.
Tudo que vai
Deixa o gosto, deixa as fotos
Quanto tempo faz
Deixa os dedos, deixa a memória
Eu nem me lembro mais
Fica o gosto, ficam as fotos
Quanto tempo faz
Ficam os dedos, fica a memória
Eu nem me lembro mais (....)".... Bom...mais uma pessoa que eu enchi a paciência com essa história... a minha volta todo mundo já cansou de ouvir....Desculpa pelo desabafo e pelo aluguel amiga. Mil beijos e bom final de semana.



Devagar eu Chego Lá