Páginas

MAIS PRESENTES

Fui ao shopping com meu forte candidato a marido comprar presente de amigo secreto. Ganhei mais presentinhos de natal e aniversário do dito cujo:
2 sandalias e 3 vestidos. Papai Noel deste ano tá generoso. Devo ter sido uma menina boazinha em 2009.
Rodei na Renner e escolhi um vestido comprido e estampado bem verão para o meu niver (dia 22), um vestido vermelho para o natal e um branco para o reveillon. É muito gostosa a sensação de procurar pelo seu manequim e encontrar ( no meu caso atualmente 44) e depois entrar na cabine e ver que a roupa caiu com uma luva.
Fiquei lembrando que em um passado bem recente eu sentia enorme insegurança de entrar em lojas para comprar roupas e a sensação de frustração era dominante no final do processo. Acho que todo mundo aqui sabe do que estou falando.
O que eu quero dizer neste post é que o processo de emagrecimento é árduo, penoso, exige disciplina e muitas concessões. Mas que é possível e o mais importante: vale muito à pena!

Um comentário:

Vania San disse...

Pois é Cris, entrar numa loja é uma tortura para mim hoje (rss).

Mas sabe, eu tenho noção de que me descuidei mesmo, desleixei geral, e que isso não poderia ter outro resultado (engordar mais de 10 quilos).

Mas sei também que com disciplina dá para emagrecer.

Não penso em me torturar esse final de ano não (rsss) vou com calma, aos poucos, sei que ano que vem terei ainda mais razões para dar uma virada na vida.

Adorei saber que o rapaz é candidato a marido! é aquele mesmo? me conta!

beijos



Devagar eu Chego Lá